Perdidos no Tempo – por Vera Destefano

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Muitas vezes nos achamos perdidos em meio a esse mundo cheio de desafios.
Não percebemos que só estamos aqui de passagem e que devemos fazer desse pequeno espaço de tempo, a melhor história a ser contada, lida e relida com prazer.
Em alguns momentos sentimos que nossos olhos estão presos às coisas que nos fazem infelizes e nos causam a sensação de que somos fracos e incapazes de superar os desafios que nos são postos a cada dia.
É preciso que saibamos entender que as lentes que vedam nossos olhares, podem apenas estarem embaçadas e nos impedindo de enxergar o colorido perfeito da vida.
Há situações que nos pedem retroceder por um ou dois passos, para que possamos tomar impulso e assim conseguir saltarmos até o outro lado do abismo.
Que as impurezas do mundo não consigam embaçar nossas lentes, ao ponto de nós cegar diante das oportunidades que a vida nos apresenta.
Que sejamos confiantes e atentos aos presentes que nos são oferecidos de forma gratuita.
Presentes esses, que podem vir através de um sorriso, de abraço, de olhar, de um novo amigo ou até de um grande amor.
Não deixemos a vida passar, e nem façamos dela um puro rascunho. Pois, pode ser que não tenhamos tempo de passar a limpo e corrigir nossas falhas.
Vamos viver o dia de hoje como se fosse, não o último, mas sim o único de nossas vidas.
Que tenhamos todos um ótimo dia.

Por Vera Destefano

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp